Estudo: Especialidades médicas mais oferecidas em clínicas médicas populares e as mais lucrativas.

Basicamente, das 54 especialidades médicas reconhecidas pelo CFM (Conselho Federal de Medicina) as clínicas médicas populares brasileiras oferecem, em média, apenas 29. Chegamos a este número pesquisando as 25 maiores redes de clínicas médicas populares, em todas as regiões brasileiras.

O objetivo da nossa pesquisa foi identificar as especialidades atualmente oferecida e agrupa-las, conforme suas taxas de procuras e lucratividades.

Vale também citar que nossa pesquisa demonstrou que nos últimos três anos, o perfil da clientela das clínicas médicas populares mudou, de forma considerada e consistente.

Anteriormente, quando o maior grupo de usuários das clínicas médicas populares era os usuários das classes C, D e E, as especialidades médicas mais procuradas eram as mesmas oferecidas pelos serviços públicos de saúde (sendo: clínico geral, cardiologista, ginecologista, pediatra e ortopedista).

Atualmente, com a entrada massiva dos ex clientes dos planos de saúde e convênios médicos como usuários das clínicas médicas populares, a procura de especialidades médicas mudou seu perfil e algumas que eram mais procuradas, atualmente não são. Já outras que não faziam parte do grupo de procura principal das clínicas médicas populares, assumiram esses papeis principais.

Exemplos claros disso são as especialidades médicas de pediatria e acupuntura que mudaram de posição, no rol de procuras em clínicas médicas populares.

Além de identificar o rol de especialidades médicas oferecidas em clínicas médicas populares, verificamos também que estas especialidades estão agrupadas em 3 grupos distintos, quando o assunto é procura, faturamento e lucratividade.

Basicamente, das 29 especialidades médicas oferecidas em clínicas médicas populares 10 correspondem a 60% do faturamento, o segundo grupo de outras 10 corresponde a 30% e por último, 9 especialidades correspondem a apenas 10% do faturamento.

Saiba mais no vídeos abaixo: